4.28.2003

Mudar...
Rosemeire Zago

Quantos de nós não desejamos mudar algo em nossas vidas? Quando nos sentimos insatisfeitos com o trabalho, a casa que moramos, com a pessoa com que convivemos, com nossos próprios comportamentos, com nosso corpo ou apenas para nos permitirmos "crescer". É hora de repensar. Devemos ficar atentos e perceber o que deve ser mudado. Dificilmente ocorrem mudanças rapidamente, mas o processo deve ser começado em algum momento. Nada de deixar para amanhã ou para segunda-feira, a hora de começar é agora.

Conversar consigo mesmo é o primeiro passo significativo para realizar alguma mudança. Identifique o que quer mudar e como poderá começar. Talvez você queira mudar algo, mas sente-se inseguro, inadequado ou até despreparado para enfrentar uma mudança. Será? Muitas vezes temos a oportunidade de fazer uma mudança em nossa vida e nos desencorajamos ou somos desencorajados pelos outros. Resistimos por medos e pela crença de que não somos capazes e pelo excesso de críticas que recebemos e pelas cobranças que nos fazemos.

De todos os pensamentos negativos, o mais comum é: "não sou capaz". Às vezes isso se dá por falta de amor-próprio e baixa auto-estima ou algum tipo de culpa, que só gera insegurança e medos. Lembre-se que a culpa só faz com que permaneça na posição de vítima e desencadeia o processo de autopunição. Pare com isso! Assuma sim, a responsabilidade de sua vida e também de suas mudanças.

O importante é aprendermos - ou reaprendermos - a amar a nós próprios. Auto-aprovação e auto-aceitação são as chaves para as mudanças positivas em todas as áreas de nossa vida. Parte da auto-aceitação é se libertar da necessidade da aprovação e da opinião dos outros. Muitas das coisas que acreditamos sobre nós mesmos não tem o menor fundamento. Às vezes nos recusamos a investir esforços na criação de uma vida melhor porque não acreditamos que merecemos. Aceite o que é bom, quer você agora ache que mereça ou não. Você pode começar a desenvolver sua auto-aprovação e auto-aceitação começando a cuidar mais de você.

Quando surge a insegurança, a dúvida, busque dentro de você o que deseja. Visualize mentalmente como quer que aconteça e crie coragem, vá em frente! Ter responsabilidade por nossa própria vida pode assustar. Mas quando estamos na direção daquilo em que acreditamos, quando ouvimos nossa voz interior, nos sentimos mais confiantes e seguros. Com certeza exige-se esforço, há riscos, desafios, mas muitas recompensas. Surge um novo despertar de sonhos, de esperanças, certeza e até de um novo 'eu'.

É preciso permitir-se que o melhor aconteça e ir à busca de crescimento, desenvolvimento, reconhecendo as próprias conquistas e aprendendo a celebrar cada uma delas. É claro que os obstáculos podem surgir, porém veja-os apenas como desafios que o fortalecem mais. Você tem o direito de escolher as opções que podem tornar sua vida melhor e mais feliz todos os dias, deixando para trás e dizendo NÃO para tudo aquilo que lhe causa tristeza, infelicidade e doença em sua vida.

A liberdade de mudar todos nós temos, é preciso se dar a permissão para fazer o que se quer, tornando sua vida naquilo que gostaria que fosse, ou o mais próximo disso. Muitas vezes isso inclui realizar mudanças em pequenos detalhes de sua vida diária, ou ainda mudanças radicais. Lembre-se: "a liberdade de mudar é liberdade de crescer".

Você quer ficar relembrando as injustiças e o sofrimento do passado, ou prefere começar imediatamente a trilhar seu novo caminho para chegar aonde gostaria de ir? Isso requer que você dê o primeiro passo. Vamos lá?

****

Tá, né?

Quem fica parado é poste.
E lá vamos nós. Pro alto e avante.

Era tudo o que eu não precisava saber hoje. Por mais que saiba.

Welcome, Monday.

1 comentário: